Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação em Genômica (NAPI-Genômica)

O NAPI-Genômica foi lançado pela Fundação Araucária (FA) e a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) com o objetivo de usar a plataforma científica do IPEC/Guarapuava e a Rede Genômica criada com instituições do Paraná para desenvolver projetos voltados à saúde humana e animal, bem como contribuir para o desenvolvimento de produtos biotecnológicos aplicados à agropecuária.

Algumas das linhas de pesquisa e inovação que serão fomentadas na proposta são: oncogenômica, doenças genéticas, farmacogenômica, medicina forense, genômica do esporte, nutrigenômica, metagenômica (viroma, microbioma e microbioma), epidemiologia genômica, e agrogenômica.